SP-Arte 2019

SP-Arte 2019

Pavilhão da Bienal, Oca e Auditório do Ibirapuera, vistos do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP)

Há quinze anos, a SP-Arte dava início à sua trajetória com uma seleção que incluía 41 galerias no térreo do Pavilhão da Bienal. Na ocasião, apenas uma das galerias integrantes era estrangeira. Este ano, a Feira comemora seu 15º aniversário, e o crescimento e a internacionalização são inegáveis, além de ocupar todos os andares do Pavilhão, extrapola os limites do Parque Ibirapuera, entra para o seleto time dos mais importantes festivais de arte do mundo e faz da cidade de São Paulo parada obrigatória no roteiro global das artes.

httpss://www.sp-arte.com

Em sua décima participação na Feira, a Ybakatu apresentou trabalhos de catorze artistas representados pela galeria, e participou do projeto Open Space, iniciativa inaugural de ocupação da área externa do Pavilhão da Bienal, com a obra “Vaga Padrão”, de Cleverson Salvaro e Daniel Murgel, selecionada pela curadoria da mostra.

Daniel Murgel e C. L. Salvaro 
Vaga Padrão, 2019

A dupla de artistas concebeu esta intervenção especificamente para o contexto da Feira. A obra trabalha com a ideia de espaço público e privado, sugerindo a espera de uma ocupação para a garagem delimitada perto de uma das ruas do parque.

httpss://www.sp-arte.com/noticias/um-guia-para-o-setor-openspace/

Daniel Murgel
Projeto Vaga Padrão, 2019
Técnica mista sobre papel
110 x 78 cm

C. L. Salvaro
sete pontas, 2019
Poliuretano expandido, pigmento e madeira
99 x 99 x 6,6 cm

Claudio Alvarez
Espreitador, 2017
Aço inox e espelho
150 x 30 x 30 cm

Claudio Alvarez
Prumo, 2017
Aço inox, alumínio e espelho
88 x 31 x 10 cm

Claudio Alvarez
Odisséia, 2019
Madeira, vidro, espelho, motor e refletor
45 X 30 X 24 cm

Alex Flemming
Sem Título, 2019
Plástico e borracha sobre acrílico
100 x 100 cm

João Loureiro
Sem Título, 2013
Nanquim e ecoline sobre papel jornal
21,0 x 29,7 cm

Hugo Mendes
Sem Título, 2018
76 x 56 x 26 cm

Debora Santiago
Plantar é um ato político, 2018
Aquarela sobre papel
35 x 50 cm

Debora Santiago
Viva as cores da batata doce, 2018
Aquarela sobre papel
35 x 50 cm

Tatiana Stropp
27.02, 2017
Óleo s/ alumínio
124 x 200 cm

Tatiana Stropp
27.09, 2017
Óleo s/ alumínio
100 x 124 cm

Washington Silvera
Copacabana (skate), 2019
Madeira, resina, pedras portuguesas e truck + rodas de skateboard
120 x 26 x 15 cm

“Vinda de Curitiba, no sul do Brasil, a Galeria Ybakatu apresenta, entre outras esculturas, um skate (de Washington Silvera, nascido em 1969) coberto com pedras portuguesas, muito difundidas no Brasil. É como se o chão transbordasse no skate, como se ele literalmente assumisse; tornando-se, de superfície simples, suporte da criação. Esse tipo de diversão, para não dizer deslize, é típico de Washington, autodidata que está constantemente tentando novas técnicas.”

https://www.eventail.be/art-culture/marche-art/4213-en-direct-de-sp-arte-une-foire-en-mouvement

Washington Silvera
Jacob, 2019 (bandolim)
Madeira e ferragens de instrumento
120 x 110 x 9 cm

Yiftah Peled
Sem Titulo, 2018
Troféus de bronze e buracos na parede
38 x 8 cm (cada troféu)

Segunda à Sexta
Das 10h as 12h e das 13h30 as 17h

+55 41 3264-4752

R. Francisco Rocha, 62, Batel, Curitiba | PR